No meio do Carnaval com arrastões, alagamentos da chuva e tiroteios, Crivella viaja

Com mortes registradas por conta das chuvas torrenciais e inúmeros assaltos, arrastões e tiroteios na cidade do Rio, o prefeito Marcelo Crivella resolveu viajar à Europa. Com a desculpa que iria atrás de “tecnologia” para a Segurança Pública em uma instituição da Suíça, o gestor chegou a ser desmentido pela empresa pela agenda ter caráter privado.
Para a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ), isso é a mostra do abandono que o Rio vive em todas as esferas: “Só num dia, parou o BRT, o VLT, os trens ficaram irregulares, as vias expressas interrompidas, com gente morrendo e o prefeito na Europa. Que espécie de governo temos no Município e no Estado hoje? Nenhum! É um absurdo!”, critica a parlamentar.

Pin It on Pinterest